NOSSOS VIDEOS

Loading...

quarta-feira, 27 de abril de 2011

PENSAMENTO DO DIA: Como manter-se feliz


Dicas importantes:

1. Deixe fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura.
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Mantenha só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo. (Lembre-se disto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixe que o cérebro se torne preguiçoso.
'Uma mente preguiçosa é oficina do Alemão.' E o nome do Alemão é Alzheimer!

4. Aprecie mais as pequenas coisas

5. Ria muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ria até lhe faltar o ar.
E se tiver um amigo que o faça rir, passe muito e muito tempo com ele / ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem
Aguente, sofra e ultrapasse.
A única pessoa que fica conosco toda a nossa vida somos nós próprios.
VIVA enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:
Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refugio.

8. Tome cuidado com a sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhora-la , procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa. Faça uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde haja culpa

10. Diga às pessoas que ama que as ama a cada oportunidade.

Ah! Só mais um lebrete:
"A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna"

Portanto, meu amigo(a), SEJA FELIZ SEMPRE !!!
Um grande abraço.

(Mensagem enviada por email pelo Amigo Didi - Antonio Jorge)

SAÚDE: 10 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Hipertensão


26 de abril é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. Segundo os dados do Ministério da Saúde (Vigitel 2008), 23,1% dos brasileiros sofrem de pressão alta. Entre os idosos, esse percentual é ainda maior, equivalendo a uma para cada duas pessoas.

Em geral, as pessoas com hipertensão arterial precisam verificar os níveis de sua pressão de 2 a 4 vezes por dia. Vale lembrar que o diagnóstico da hipertensão somente pode ser feito por um médico. Em todos os casos, os cuidados com a saúde devem ser diários. Confira as 10 coisas que você precisa saber sobre hipertensão arterial:

1- A hipertensão, ou pressão alta, acontece quando a pressão arterial, após ser medida por diversas vezes, é igual ou superior a 14 por 9. Isso acontece porque os vasos por onde o sangue circula se contraem e fazem com que a pressão do sangue se eleve. Ela é considerada normal quando a pressão sistólica (máxima) não ultrapassa 130 mmHg e a diastólica (mínima) é inferior a 85 mmHg.
2- A pressão arterial pode variar durante o dia. A tendência é que ela diminua quando estamos dormindo e aumente quando realizamos esforço físico. Estas situações não querem dizer que você seja necessariamente um hipertenso, mas o acompanhamento médico é sempre importante nesses casos.
3- As pessoas acreditam que a pressão arterial só está alterada quando elas ficam ruborizadas, com raiva, tensas ou animadas. Isso é um tabu. Embora seja possível que isso aconteça, na maioria dos casos, a hipertensão não produz sintomas óbvios.
4- A hipertensão, na maioria das vezes, é uma herança genética. Entretanto, pode ser desencadeada por hábitos de vida como: obesidade, ingestão excessiva de sal ou - de bebida alcoólica e inatividade física.
5- Ela não tem cura, mas pode e deve ser controlada. O tratamento contínuo pode evitar futuros infartos do coração, derrames e paralisação dos rins. Ele deve ser feito através de remédios controladores da pressão e hábitos saudáveis (diminuir a quantidade de sal na alimentação, bebidas alcoólicas, controlar o peso, fazer exercícios físicos, evitar o fumo e controlar o estresse).
6- Qualquer pessoa pode medir a pressão, desde que esteja apta para isso. Mesmo assim, os profissionais de saúde são os mais indicados. Para medir a própria pressão é preciso estar em ambiente calmo, após repouso de 5 minutos, com o braço no qual fará a medição apoiado em uma mesa na altura do coração, as costas apoiadas na cadeira e os pés encostados no chão. A bexiga deve estar vazia e a pessoa não pode ter fumado, se alimentado ou ingerido café pelo menos 30 minutos antes da medida.
7- Existem pessoas que só têm pressão alta quando esta é medida em consultório médico. Fora do consultório, ela é normal. É a chamada síndrome do avental branco. Para saber se existe esse tipo de hipertensão, o médico precisa conhecer a pressão do paciente no consultório e a pressão medida na casa do paciente ou adotar a monitorização ambulatorial, que mede a pressão durante 24 horas com aparelho automático.
8- O sal pode interferir no aumento da pressão arterial, já que ele faz o corpo reter mais líquidos. Porém, não existe a necessidade de os hipertensos se alimentarem apenas de comida sem sal, basta evitar o exagero. Quem tem pressão alta deve ficar atento, também, a alimentos ricos em sódio, como os refrigerantes “zero açúcar”, além de conservas (picles, zeitona, maionese e ervilha), alimentos embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame e paio), carnes salgadas (bacalhau, charque, carne-seca e defumados) queijos em geral, dando preferência a queijo branco ou ricota sem sal.
9- A prática de exercícios físicos ajuda a baixar a pressão. O exercício físico adequado não apresenta efeitos colaterais e traz vários benefícios para a saúde, tais como ajudar a controlar o peso e a pressão arterial, diminuir as taxas de gordura e açúcar no sangue, elevar o “bom colesterol”, diminuir a tensão emocional e aumentar a auto-estima. De qualquer maneira, deve-se sempre seguir orientação médica na hora de praticar exercícios físicos.
10- A maioria das pessoas tem a pressão ligeiramente diferente em cada braço, por isso, para manter um controle adequado dos seus níveis é preciso que a medição seja efetuada sempre no mesmo braço e nas mesmas condições contidas no item 6 desta listagem.

Texto: Pablo de Moraes
Fontes: Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Hipertensão e livro: O Guia Essencial da Hipertensão, da Associação Médica Americana.

domingo, 17 de abril de 2011

MINHA BAHIA: Ciclovias Já !!!


Hoje, reportagem de capa do Jornal A Tarde traz a baila o uso da bicileta como alternativa de transporte, associando inclusive ao projeto de mobilidade urbana para Copa 2014.
É mais que oportuno tratarmos deste assunto em uma cidade como Salvador, já emperrada pelo trânsito e qualquer que seja a oportunidade de evolução do sistema é bem vinda, melhor ainda que pode-se somar a tudo isso a melhoria da qualidade de vida, pois pode tirar do sedentarismo inumeras pessoas, que até desejam uma alterniva de sair do aborrecimento que é atravessar os bairros da capital estrangulados pela grande massa de veículos nas ruas.
Todavia ainda há muito o que se pensar e planejar. É uma mudança de paradigma. Ótimo que as principais vias urbanas estejam alinhadas aos projetos de mobilidade do Governo Estadual e Municipal, mas não podemos esquecer que não se limita a engenharia de estrutura urbana, como assim vem sendo promovido ou debatido o assunto.
Ora, o nosso clima não é tão ameno como o de Paris, aqui é tropico e o calor é intenso. Andar sobre duas rodas movidas a pedal é maravilhoso, mas pense em ir ao trabalho, ao escritório, a sua empresa que presta serviços a outra, a seu comércio, ou até a um shopping fazer compras, no calor de 40 graus ... no mínimo chegaria ensopado e não encontraria onde tomar um banho e trocar-se para o labor ou lazer.
Não se trata apenas de uma mudança cultural. Muda tudo. A própria Prefeitura deve repensar nos novos projetos imobiliários. Se residenciais devem contemplar bicicletários para moradores e visitantes. Se comerciais deve contemplar os novos projetos, os bicicletários com vagas para quem ali labuta e outros transeuntes, e, vestiários que possibilitem os trabalhadores o conforto do asseio do suor intenso e a troca de roupas esportivas para roupas adequadas ao trabalho.
Nos prédios residencias e comerciais já existentes deve-se establecer metas de adequação, com facilitação dos órgãos competentes e auxílio no desenvolvimento de projetos com o propópsito de promover o uso da bicicleta. Ao Estado caberia, além de se aplicar com veemêcia no Projeto Cidade Bicicleta, intensificar a guarda de polícia com este equipamento nas ciclovias. Não podemos esquecer que os malandros também gostam do vento ao rosto.
Ademais os projetos da Copa, inclusive o Cidade Bicicleta da Conder (Estado) e o de Mobilidade Urbana da Prefeitura, deveriam ter a participação da sociedade. Tudo que se vê ou se fala parecem apenas sementes do capitalismo de grandes empreiteiras para ganhar dinheiro, aliadas as demagogias políticas para colher os frutos.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

ESPIRITUALIDADE: A compreensão espiritual é o significado de desenvolvimento


Já esta mais do que na hora da humanidade descobrir o lado espiritual do seu ser, e dar uma boa olhada nos valores que criamos em nossas sociedades.
Medo e amor vão de certa forma de mãos dadas junto com nossa compreensão e consciência.
Nossa sociedade esta negando o amor, porque se alimenta de medo. Medo de ser rejeitado, abandonado ou punido, e assim por diante.

Quando finalmente aprendemos a nos amar e a respeitar a raça humana como uma família, nos tornamos eficazes, com poder para começar a reconstrução de nossas vidas como uma raça indivisível dos seres humanos.
Muitos perderam a conexão com seus sentimentos de amor em sua procura por poder e controle.
Basicamente, eles precisam de ajuda para restaurar os sentimentos de amor que perderam.
Todos nós humanos em evolução, somos filhos de um só deus que é luz. E luz é conhecimento.
A razão pela qual tantas pessoas estão adormecidas e sem saber quem são, é por causa da programação de seu tipo particular de religião. Há centenas de religiões e sistemas de crenças, todos cheios de regras e ameaças para o caso você não cumprir com essas regras inventadas.
Claro que isso cria muito medo e incerteza, que é claramente refletida em nossas sociedades.
Uma escolha deve ser feita, juntar-se aos religiosos e, portanto ficar com medo, ou unir-se ao espiritual e simplesmente ser livre e amoroso.
Espiritualidade é sobre amor, e aqueles que estão em contato com esta energia amorosa que orienta a partir de dentro, mostram como exemplo o que essa verdade, tão ignorada, é de fato. Esses são os filhos da luz despertando
Eles não precisam de regras, porque estão ligados ao poder do amor em seus corações.
Eles não podem ferir ninguém, eles são honestos para amar e questionar tudo.
O motivo pelo qual a espiritualidade é pouco compreendida é porque a religião exige obediência às suas regras sem questionar.
Aqueles que estão em contato com seu coração e com seu espírito questionam tudo.
Todo relacionamento que temos é uma relacionamento com o divino isto é, quando você sabe que somos iguais. Conhecimento é útil para reconhecer a verdade.
Quando finalmente nos fundimos com a parte espiritual de nosso ser, nos conectamos com essa energia amorosa, que penetra o corpo, as emoções e a mente, causando uma sensação de paz, um estado divino de êxtase.
Isso pode ser experimentado em uma relação com outro ser igual, ou através da meditação, ou numa caminhada na mãe natureza.
A experiência de sentir-se unido com todos, é a sua conectividade com a inteligência mais elevada.
Depois disso, tudo fica claro. Isto é desenvolvimento espiritual.
As mudanças feitas na atitude atrairão como conseqüência, experiências superiores. É ciência.
As oportunidades para amar aparecem no seu caminho o tempo todo, pois o amor é a porta para a consciência superior.
Portanto, é recomendável não mais sentir medo do desconhecido, mas amar saber sobre tudo.
As lições de vida e amor são muitas, e geralmente confusas devido às diferenças religiosas, fica difícil ver o quadro inteiro de uma só vez.
Mas quando você aprende a confiar em si mesmo, uma orientação sutil dos níveis superiores do seu ser, através dos sentimentos vai orientá-lo.
As energias aquarianas irão nos estimular para interiorização, e a equilibrar as emoções, a separação entre mente e sentimentos, masculino e feminino, e mente consciente e subconsciente.
Criar harmonia é exatamente isso, curar todas as partes negadas do seu ser.
Isso só é possível quando o amor está presente em todos os doze aspectos da consciência.

Robert Happé
Autor do livro "Consciência é a resposta"
Fundador do Centro de Educação Espiritual

quarta-feira, 13 de abril de 2011

ANÁLISE DA SEMANA: O MASSACRE DE REALENGO


O que mais se comentou na mídia nos últimos dias foi o massacre cometido por Welington Menezes de Oliveira contra jovens garotos da escola Tasso da Silveira no Realengo, Rio de janeiro. Crime que já percorreu o mundo agora abate os brasileiros e traz a baila o jornalismo sensacionalista, a política aproveitadora e o medo da população.
O anunciado "terrorismo", o "bullying", os desvios sociais, falta de policiamento, ou doença, enfim, tudo que vimos nos últimos dias dão conta que nossa sociedade está com problemas, que precisam ser encarados por todos, políticos, empresas, cidadãos, escolas, profissionais de saúde, família, religiosos, todos.
Alguns pontos merecem reflexão e atenção. Vejamos:
- Acompanhamento escolar - Lembro que na minha escola entre 1970 e 1980 havia o chamado SOE (Serviço de Orientação Escolar) que tinha como missão ajustar condutas escolares, fosse no campo da sociabilização dos alunos ou de desajustes comportamentais dos mestres. Era esta idéia que tinha. Não sei se ainda temos isso hoje, mas necesário se faz, que tenhamos algo do gênero, até melhorado, ou otimizado na assistência escolar, social e psicológica. No caso em foco, os alunos daquela escola, os vizinhos, os familiares, todos que o crecavam, o viam com problemas, com desvios, que independente das causas, careciam de ajuda, de acompanhamento. Passou batido o desvio onde necessariamente deveria ser realinhado ou reavaliado. Da formação educacional sairá o nosso futuro. Se persistem os erros, persistiram os problemas;
- A família - o histórico familiar foi complicado, não que se justifique, mas não foi fácil. Mãe biológica com problemas mentais, falecida, foi adotado e posteriormente perdeu seus pais adotivos. Vivia só, quase sem falar com os irmãos. Onde eles estavam? Que tipo de ação, de amor, de fraternidade, de atenção foi dada a este rapaz? Se os desvios de relacionamento eram visíveis, porquê não foi ajudado pela sua família?
A família é a base. O amor é o remédio, seja para reparação social ou para recuperação da saúde mental, ou até, espiritualmente falando, para aprendizado daquele que precisa de amparo;
- Religiosidade - Lógico que o aprendizado Religioso contribui na formação dos alunos, da família, do indivíduo. Compreender melhor a si mesmo, a vida, contribui no comportamento, somando para formação de sua perrsonalidade e definindo com clareza seu compor escolhendo e definindo, as ocupações às quais irá se dedicar, e com isso descobrir o empenho sério com a própria vida que o homem descobre a si mesmo, e assim tentar mostrar o quanto a Formação Ética é importante na vida do ser humano. Discutiremos aqui o Ensino Religioso não como uma catequese ou um ensitamento social e ético. A doutrina religiosa ou espiritualé mais um aprendizado, mais uma vacina para a vida;
- Segurança escolar - Muito ouvimos que precisamos aumentar o policiamento nas escolas. Mas como? Colocar policias armados? Escoltas? Isso impediria Welington? Obviamente que não! Ele já havia conseguido acesso. Entraria do mesmo jeito. Mas temos que encontrar mecanismos para evitar que alunos armados entrem nas escolas. Soqueiras, canivetes, revolveres, não podem ter ingresso nas salas de aula. Algumas escolas de ensino particular já colocaram detetores de metais em suas portas o que evita o porte destes objetos que causam tanta inquietude aos pais como aos próprios alunos, que devem se sentir seguros e confortáveis no seu ambiente escolar a fim de um maior aproveitamento do quanto ensinado. E vejam, a segurança não é só contra a violência entre alunos, é também dirigida a vaidade, pois muitos alunos mostram armas de seus pais apenas para valorizar seu status, o que gera muitos acidentes indesejados;
- Armas na sociedade - Volta a tona do recolheimnto de armas da sociedade, com o renascimento de plebiscito e tudo mais, o que nem precisa. Carece apenas de coragem política para que o legislativo criei leis que estimule o desarmamento, dificulte a obtenção de armas e penalize pesadamente os infratores. Na forma banal em que as armas se apresentam em nossa sociedade é que não pode ficar.
- Televisão - A violencia na TV brasileira passou a ser uma coisa aceitável. Esta violencia publicada diariamente, trivial, que passou a fazer parte de nossa cultura, foi simplesmente inserida e nos adaptamos a ela. A moralidade ficou ultrapassada. Nossa sociedade passou assim a ser menos sensível ao sofrimento alheio e passou a se comporta de maneira brutal. A sociedade e o governo devem intervir nisso de forma a criar reflexos futuros positivos na valorização do ser humano. Temos que modificar este desenho atual de banalização da violência que entra em nossos lares através da televisão ou teremos uma sociedade ainda mais violenta.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

ESPIRITUALIDADE: A Virtude da Caridade


Reunimo-nos, família e amigos, todas as segundas as 19 hs para estudo do Evangelho no Lar. O que aliás, contribui fortemente para nossa reflexão, aprendizado, relacionamento e evolução.
Dentre tantos momentos de luz no exercício do evangelho no lar o que é maçante em nosso maior aprendizado é a CARIDADE. Entendê-la, compreendê-la e exercitá-la com o coração é o que pode nos deixar mais próximos de Deus.
Neste sentido, vale citarmos São Paulo:
“Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine. E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quanto se pode saber; e se tiver toda a fé, até a ponto de transportar montanhas, e não tiver caridade, não sou nada. E se eu distribuir todos os meus bens em o sustento dos pobres, e se entregar o meu corpo para ser queimado, se todavia não tiver caridade, nada disto me aproveita. A caridade é paciente, é benigna; a caridade não é invejosa, não obra temerária nem precipitadamente, não se ensoberbece, não é ambiciosa, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo sofre. A caridade nunca jamais há de acabar, ou deixem de ter lugar às profecias, ou cessem as línguas, ou seja abolida a ciência.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três virtudes; porém a maior delas é a caridade.” (Paulo, I Coríntios, XIII: 1-7 e 13).
São Paulo compreendeu tão profundamente esta verdade, que diz: “Se eu falar as línguas dos anjos; se tiver o dom de profecia, e penetrar todos os mistérios; se tiver toda a fé possível, a ponto de transportar montanhas, mas não tiver caridade, nada sou. Entre essas três virtudes: a fé, a esperança e a caridade, a mais excelente é a caridade”. Coloca, assim, sem equívoco, a caridade acima da própria fé. Porque a caridade está ao alcance de todos, do ignorante e do sábio, do rico e do pobre; e porque independe de toda a crença particular.
E faz mais: define a verdadeira caridade; mostra-a, não somente na beneficência, mas no conjunto de todas as qualidades do coração, na bondade e na benevolência para com o próximo.
Na definição sucinta e clara de O Livro dos Espíritos, eis que temos:
(Allan Kardec) - Qual o verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entende Jesus?
Em resposta: - Benevolência para com todos, indulgência para com as imperfeições alheias, perdão das ofensas.
Na Revista de Espiritismo, n. 34, assim foi definida:
Caridade. Para o espiritismo é a virtude máxima. É indiscutível que começa em casa, e, em síntese, é o amor em movimento.
Posto isso, resta-nos a prática e o ensino deste verdadeiro ato de amor, em toda sua plenitude, seja na fraternidade, na atitude, no gesto, no pensar, no ajudar, no auxiliar, no amparar, no beneficiar ou no perdoar. Simplesmente faça !

AGRADECIMENTO


Amigos,

Se houvesse ainda uma possibilidade de caminharmos juntos, se por uma centelha divina tivéssemos a possibilidade de ainda trilharmos lado a lado, no mínimo, criariamos pensadamente, uma nova jornada, mais reflexiva e apurada.

Tudo que fizemos e sentimos, que trilhamos, são páginas hoje de minha vida, tudo que realizamos juntos, em pequenos e grandes momentos, são todos memoráveis, inesquecíveis. Foram grandiosos e me fizeram crescer como gente, como profissional, como amigo.

Trabalhamos, lutamos, sofremos, algumas vezes ficamos angustiados, mas tenho certeza que todos aprendemos alguma coisa. Algo que certamente terá um significado em algum momento de nossas vidas.

Pra mim, um momento difícil, até palavras faltam, diante de um respirar travado para evitar as lágrimas que ora enchem meus olhos.

Saudades é natural, como a mudança, que é a única coisa certa em nossas vidas. Todos os dias ocorrem mudanças, basta enchergarmos com olhos de ver.

Sempre haverá uma possibilidade de nos encontrarmos novamente, de trabalharmos juntos, de tomarmos um café, de atualizarmos nossas vidas, de dar um abraço. Outras oportunidades, outras portas logo se abrem, pra todos nós, por isso, nossa premissa maior, é fazer sempre o nosso melhor, promover o bem, a igualdade e o respeito. Assim espero, do fundo do meu coração que todos tenham sucesso em suas vidas e continuem perseverando em suas jornadas.

Voces fazem parte de minha vida, agradeço a Deus pela oportunidade que tivemos. Agradeço a todos os Colaboradores, Fornecedores, Contratantes, todos, sem exceção, meus AMIGOS.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

MINHA BAHIA: Números do nosso Carnaval

“Faturamento de um camarote de carnaval: R$ 14,4 milhões. Taxa que paga à prefeitura: R$10,58. Ser empresário de bloco ou camarote no Carnaval, na Bahia, não tem preço!

Números reveladores do Carnaval da Bahia, foram publicados na Revista da Metrópole desta sexta: O bloco Camaleão fatura, sozinho, apenas com a venda de abadás, R$ 6,65 milhões. O Me Abraça fatura R$ 5,4 milhões do mesmo jeito, fora patrocínios.O Corujas fatura 4,94 milhões. Tudo isso em apenas três dias.Já os camarotes faturam assim: O do Reino, R$ 7,2 milhões; Nana Banana, R$ 6,2 milhões; Camarote Salvador, R$ 14,4 milhões. Tudo isso fora os patrocínios. Mas, por outro lado, sabem quanto um empresário paga de taxa à Prefeitura para montar um camarote no circuito do Carnaval? R$ 10,58 de taxa inicial e mais 42,34 por metro quadrado. Uma pechincha. Um achado. Uma oportunidade da China. Ou seja, os empresários não bancam, nem de longe, o custo da festa. Então, quem banca? O Governo do Estado e a Prefeitura investem R$ 30 milhões para colocar polícia na rua, realizar a limpeza, montar e desmontar toda infra-estrutura, pagar equipes de saúde, etc, etc, etc. Porém lembrem-se: o dinheiro do Governo do Estado e da Prefeitura sai do nosso bolso. E considerando que pesquisa divulgada recentemente no A Tarde constatou que 76% da população de Salvador não pula carnaval, e mesmo os 24% que pulam ficam espremidos entre tapumes e cordas de blocos, bancar essa festa imensa com dinheiro público fica mais injusto ainda. Tá na hora dessa conta mudar de mãos: quem fatura com o Carnaval é que tem que bancar a festa. Eu gostaria muito de saber a opinião dos que criticam o Bolsa Família como uma “esmola que deixa o povo dependente do governo” para saber o que eles acham dessa “superesmola” que dá lucro absurdo a empresas e mais empresas no carnaval, às custas dos investimentos públicos.

(Revista da Metrópole)